Blog

Estúdio no Ateliê Tambor de Congo da Barra do Jucu

Postado em 20 maio 2017

A garotada adorou! As famílias também! E a comunidade se divertiu junta no sábado (20/05)! Foi bonita a integração comunitária na Barra do Jucu, em Vila Velha (ES).

O Estúdio Animazul levou o desenho no papel, a massinha de modelar, o pixilation (animação com fotografia de pessoas) e o cinema para dentro do Ateliê Tambor de Congo. Agora, todos querem bis!

A realização foi do Instituto Marlin Azul em parceria com o Instituto Galpão, o Museu Vivo da Barra do Jucu e o apoio da Rádio Comunitária Barra FM – 98.5.

Cine Animazul desembarca na Abeca

Postado em 18 maio 2017

Um dia inteiro de descobertas sobre o mundo do cinema! Assim foi a quinta-feira (18/05) na Associação Beneficente da Criança e do Adolescente da Barra do Jucu (Abeca), em Vila Velha. Um grupo de crianças da região aproveitou o contraturno da escola para brincar e aprender com os brinquedos ópticos e com uma sessão de curtas de animação. Um dos filmes da programação foi A Baleia e o Tesouro. De temática ambiental e social, o curta tem roteiro, direção e animações dos alunos da Escola Municipal Dr. Tuffy Nader e conta a história de uma baleia engolidora de gente que guarda um tesouro precioso na boca do Rio Jucu. O Cine Animazul foi realizado nos turnos da manhã e da tarde e teve a realização do Instituto Marlin Azul em parceria com o Instituto Galpão.

 

 

Cine Animazul recebe alunos do Caoca

Postado em 2 maio 2017

20170425_094100

Uma brincadeira tem encantado a garotada: visitar o Cine Animazul, na sede do Instituto Marlin Azul, em Jardim da Penha (Vitória – ES). Durante o passeio, grupos de estudantes da rede pública e de instituições sociais aprendem como funciona o princípios básico do cinema de animação.

As crianças e adolescentes experimentam os brinquedos ópticos, que simulam a magia do movimento, e ainda conferem uma sessão de filmes de animação com temáticas que complementam as atividades educativas da escola. Quem visitou o espaço foi a galera do Centro de Acolhimento e Orientação à Criança e Adolescente (Caoca), em Maria Ortiz (Vitória – ES). A realização é do Ponto de Cultura Animazul do Instituto Marlin Azul em parceria com o Instituto Galpão.

Crianças da rede pública resgatam lembranças em animação realizada pelo Ponto Animazul

Postado em 2 maio 2017

Projeto Animação 2017_Eber Louzada Zippinotti_18ABR (11)

 

O que uma criança tem a contar sobre si mesma, quais lembranças guarda e o que espera do futuro? Estas e outras perguntas foram feitas para um grupo de 20 estudantes do integral da Escola Municipal de Ensino Fundamental Éber Louzada Zippinotti, em Jardim da Penha, Vitória (ES). Os depoimentos gravados vão orientar as cenas do mais novo filme do Ponto de Cultura Animazul/Projeto Animação. A realização é do Instituto Marlin Azul em parceria com o Instituto Galpão.

A primeira etapa de produção do curta-metragem foi realizada na primeira semana de abril durante a oficina de roteiro. Orientados pela professora e animadora Ana Godoi, com acompanhamento de monitores do Ponto Animazul, os estudantes participaram de rodas de conversa e de atividades de desenho. Em seguida, a equipe gravou depoimentos de cada criança sobre o que pensa de si mesmo, o que marcou a sua vida, como se reconhece e se diferencia dos outros e o que espera do futuro.

Depois da gravação das memórias, os alunos visitaram o Cine Animazul, na sede do Instituto Marlin Azul/Instituto Galpão, onde assistiram a uma sessão de cinema com curtas-metragens de animação feitos por crianças e adolescentes.

Nesta próxima etapa, os estudantes seguirão com a animação das cenas do filme utilizando a linguagem e as técnicas artesanais como desenho 2D, recorte, areia, stopmotion (massinha) e pixilation (animação com pessoas). A programação será realizada até 11 de maio, de segunda a sexta-feira, e as aulas acontecerão das 13h às 17h, no auditório da escola.

Além de articular o audiovisual com outros saberes como a música, a história e a literatura, o projeto abre novos horizontes de cultura, informação e relações sociais para estudantes da rede pública através de atividades de criação coletiva que estimulam a participação, o diálogo, o compartilhamento, a cooperação e o respeito, contribuindo para a redução da violência e promovendo a cultura de paz.

 

Conheça o Projeto Animação/Ponto de Cultura Animazul

Criado em 2001, o Projeto Animação desenvolve formas de expressão através da iniciação de alunos da rede pública na linguagem e nas técnicas artesanais do cinema de animação. O Ponto de Cultura Animazul nasceu da necessidade de ampliar e aprofundar as ações de democratização do saber audiovisual para turmas de crianças e adolescentes da rede municipal do Espírito Santo. A cada edição, novos filmes são produzidos por novas turmas de alunos.

Desde a criação do Projeto Animação foram realizados os seguintes curtas-metragens: “Mangue e Tal” (2002); “Portinholas” (2003); “Zen ou Não Zen? Eis a questão” (2004); “Vitória pra Mim” (2005); “Albertinho” (2006); “Ele” (2007); “Mestre Vitalino e Nós no Barro” (2008); “Um Fio de Esperança” (2009); “As Curvas de Niemeyer” (2010); “O Maestro do Tempo” (2013); “Dinossauro Rex” (2014); “Nada, Nadador” (2015); “O Bruxo do Cosme Velho” (2015), “A Árvore de Humberto” (2016) e “No Caminho da Escola” (2016). Todas essas animações foram realizadas por alunos de escolas municipais e finalizadas por alunos e monitores do Ponto de Cultura Animazul.

Os integrantes do Ponto de Cultura participaram ainda das equipes de realização de animações como A Baleia e o Tesouro (Barra do Jucu);  Penedo (Vitória); O Bicho do Buraco (Itaúnas); A Mulher dos Três Desejos (Afonso Claudio); Capitão do Mangue (Cariacica);  A Garça Graça (Cariacica); Comparativo entre as Espécies (Cariacica); Rap Consciente (Cariacica); A Vida no Mangue (Cariacica); A Lunática Vida de um Marisqueiro (Cariacica); Encontro em Marte (Vitória); Aventuras e Movimentos (Vitória); Amor Mascarado (Roda D´Água); À Sombra do Mucuri (Mucurici); As Aventuras do Chauá (Aimorés); Os Segredos do Rio Grande (Lavras); entre outros.

Depois do lançamento, as obras seguem um roteiro de mostras e festivais locais e nacionais, multiplicando o acesso aos conteúdos por públicos de diferentes idades. Os filmes também são distribuídos gratuitamente entre os autores, para escolas, cinematecas, cineclubes e pontos de cultura.

Principais técnicas da oficina:

Desenho 2D – Esta técnica, também conhecida como desenho sobre papel, é uma das mais conhecidas. Os desenhos de uma mesma sequência são feitos com o apoio de mesas de luz, e depois ganham movimento no computador.

Pixilation – É a técnica de animar pessoas.  Os participantes são estimulados a usar fantasias e a criar histórias, experimentando expressões corporais e movimentos. As cenas são fotografadas e repassadas para o computador, onde são manipuladas para que as imagens possam interagir com diversos cenários e outros personagens, criando o movimento da animação.

Massinha/Stopmotion – Esta técnica permite aos participantes criar personagens e cenários com massa de modelar. Os objetos modelados são fotografados e as imagens transferidas para o computador, onde ganham movimento.

Recorte – Consiste em utilizar recortes ou fotografias, tiradas pelos próprios alunos, para construir cenários e personagens.

 

Serviço

Oficina do Ponto de Cultura Animazul/Projeto Animação

Data: Até 11 de maio (segunda a sexta-feira)

Horário: 13 às 17 horas

Local: EMEF Éber Louzada Zippinotti

Endereço: Rua Natalina Daher Carneiro, 815 – Jardim da Penha, Vitória – ES, 29060-490

 

 

 

 

 

Vitória participa de Dia Internacional da Animação 2016

Postado em 26 outubro 2016

viagemnachuva_dia2016

 

Vitória é uma das 200 cidades brasileiras participantes do maior evento de cinema simultâneo do mundo. A décima terceira edição do Dia Internacional da Animação será comemorada em 28 de outubro, a partir das 20h30, no Cine Jardins, com uma sessão gratuita de curtas-metragens nacionais e internacionais com duas horas de duração. O público ainda curtirá durante a mostra o lançamento da animação “A Árvore de Humberto” que tem roteiro, desenhos e animação de alunos capixabas.

A mostra nacional reúne uma seleção de obras produzidas em diferentes técnicas de animação vindas do Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás e Minas Gerais. Já a mostra internacional exibirá produções da Inglaterra, Estados Unidos, Irã, Itália, Holanda e Suíça/Reino Unido. Os filmes estrangeiros têm classificação indicativa de 16 anos.

O evento tem realização da Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA) e, em Vitória, conta com a parceria do Instituto Marlin Azul e do Instituto Galpão.

O objetivo é difundir o cinema de animação em todas as regiões do país, proporcionar o contato do público com o trabalho de diretores brasileiros, estimular debates, revelar talentos, despertar o interesse do espectador por assistir filmes de animação. A mostra ainda quer reforçar a animação como técnica cinematográfica que pode ser utilizada para realizar obras de distintos gêneros (comédia, terror, romance, entre outros) e para várias faixas etárias.

O DIA também gera a integração cultural em todas as regiões do país, mobilizando diversas comunidades e facilitando a inclusão e o acesso da população à cultura. Algumas cidades também organizam, no decorrer da semana do evento, atividades paralelas como exibições de filmes regionais, oficinas e palestras.

Em Vitória, além da mostra oficial no Cine Jardins, o Sesc Glória, em parceria com o Instituto Marlin Azul, promoverá no mês de novembro sessões gratuitas com os filmes das Mostras Nacional e Internacional e exibirá a Mostra Infantil para grupos vindos das escolas. Este ano, o curta de animação Dinossauro Rex produzido pelo Projeto Animação, do Instituto Marlin Azul, fará parte da programação para crianças e adolescentes.

 

História

Em 28 de outubro de 1892, Émile Reynaud realizou a primeira exibição pública de imagens animadas do mundo do seu teatro óptico no Museu Grevin, em Paris. Para celebrar este marco, a Associação Internacional do Filme de Animação (ASIFA) lançou a comemoração contando com o apoio de diferentes grupos internacionais filiados. No Brasil, o Dia Internacional da Animação é realizado pela Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA) desde 2004.

 

Lançamento Capixaba

No Cine Jardins, em Jardim da Penha (Vitória-ES), o evento terá um brilho especial com a exibição da animação “A Árvore de Humberto” produzida em oficinas sobre a linguagem e as técnicas de animação do Projeto Animação. Com roteiro, desenhos e animação de alunos da rede pública, o filme é uma homenagem a um dos mais importantes diretores dos primeiros tempos do cinema nacional, Humberto Mauro (1897-1983).

Mineiro de Volta Grande, o cineasta realizou mais de 350 filmes entre longas e curtas-metragens nos gêneros ficção e documentário, no período de 1925 a 1974. O Projeto Animação é uma realização do Instituto Marlin Azul/Núcleo Animazul, com o apoio do Instituto EDP (IEDP), organização que coordena as ações socioambientais do Grupo EDP, e patrocínio da EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo.

 

SERVIÇO

 

DIA INTERNACIONAL DA ANIMAÇÃO

28 DE OUTUBRO

Cine Jardins  (Jardim da Penha – Vitória – ES)

20h30

Entrada Franca

 

PROGRAMAÇÃO

 

LANÇAMENTO ESPECIAL EM VITÓRIA

 

A ÁRVORE DE HUMBERTO

Direção: Alunos da Rede Pública de Ensino de Vitória

2015 – Desenho em papel, Massinha, Recorte e Pixilation – 14’21’’- Vitória/ES

O filme homenageia a vida de Humberto Mauro, um dos pioneiros do cinema nacional.

 

MOSTRA NACIONAL – Classificação Indicativa 12 anos

 

NOTURNO

Direção: Aída Queiroz

1986 – 4’ – Rio de Janeiro/RJ

Abordagem dos movimentos equinos, explorando o ritmo e a beleza das formas.

 

O QUEBRA CABEÇA DE TARIK

Direção: Maria Leite

2015 – Stopmotion – 19’20’’ – Belo Horizonte/MG

Em seu laboratório subterrâneo, o cientista Tarik se prepara para receber a peça fundamental do seu grande projeto de vida.

 

INGLOURIOUS BILLIARDS

Direção: João Cardoletto

2016 – 2D Cutout e Tradicional – 4’10’’ – Rio de Janeiro/RJ

Um jogo de sinuca pacífico entre dois rapazes transforma-se em uma batalha acirrada quando o prêmio da disputa passa a ser a atenção de uma linda garota que acaba de chegar no local.

 

VIAGEM NA CHUVA

Direção: Wesley Rodrigues

2014 – 2D – 13’ – Aparecida de Goiânia/GO

A chuva assim como o circo percorre um longo caminho até seu lugar de destino. Quando se vão, ficam as lembranças.

 

CIÚME

Direção: Daniel Bruson

2015 – Animação 2D Digital – 3’41’’ – Sorocaba/SP

“Ciúme” é um videoclipe em animação que conta as violentas anedotas de um casal fofo e suas maneiras sanguinárias, obsessivas e charmosas de demonstrar seu amor um pelo outro. É o primeiro single do disco “Um Chopp e Um Sundae” (2015) do músico paulista Rafael Castro.

 

ATÉ A CHINA

Direção: Marão

2015 – Lápis no Papel – 15’ – Rio de Janeiro/RJ

“Fui pra China só com bagagem de mão. Na China os motociclistas usam casaco ao contrário e os restaurantes servem cabeças de peixe, lagostins e enguias. A funcionária do evento estuda cinema e gosta de filmes de Kung Fu. Comprei pés de galinha embalados a vácuo.”

 

MOSTRA INTERNACIONAL – Classificação Indicativa 16 anos

 

MILK OF AMNESIA

Direção: Jeff Scher

1992 – 6’ – EUA

Esta montagem animada é uma aproximação lírica, não-linear da forma como o cérebro organiza (e abandona) as coisas do cotidiano. O filme é uma celebração dos pequenos momentos da vida, um tango em rotoscopia através do labirinto da memória. O filme é composto por mais de três mil desenhos e pinturas.

 

VICENTA

Direção: Carla Valência

2014 – 5’ – Equador

Uma mulher do campo migra da Bolívia para o Chile, onde ela lava roupa para ganhar a vida. Ela enfrenta a pobreza sozinha enquanto espera por seu filho. Um dia, ele será preso pela ditadura de Pinochet.

 

WHEN I WAS A CHILD

Direção: Maryam Kashkoolinia

2014 – 8’20’’ – Irã

Uma mulher reflete sobre suas memórias e pesadelos de infância e o fato de que os pais muitas vezes usam histórias de monstros e fantasmas para assustar as crianças e mantê-las longe de possíveis perigos.

 

LA TESTA TRA LE NUVOLE

Direção: Roberto Catani

2014 – 7’50’’ – Itália

O sonho de uma criança durante uma lição da escola é interrompido abruptamente pelo mestre. “O educador” ameaça cortar uma orelha do pequeno estudante para “estimular” a concentração e evitar novas fugas da imaginação.

 

ENDGAME

Direção: Phil Mulloy

2015 – 6’ – Inglaterra

Depois de uma semana difícil no escritório George e Richard gostam de relaxar jogando jogos de guerra. Pequenas figuras em uma vasta paisagem em um nervoso ritmo para cima e para baixo. Marchas, canhões e uma densa fumaça escura sobe.

 

I LOVE HOLLIGANS

Direção: Jan-Dirk Bouw

2013 – 12’28’’ – Holanda

Um fanático torcedor de futebol sente amor incondicional por seu clube. No entanto, por ser gay, ele tem que esconder sua identidade, a fim de sobreviver neste mundo que é tão precioso para ele.

 

FIVE MINUTE MUSEUM

Direção: Paul Bush

2015 – 6’ –Suíça/Reino Unido

Uma animação experimental em que milhares de artefatos das coleções de pequenos museus são trazidos à vida em uma história animada do trabalho humano.

 

Página 3 de 3212345...102030...Última »
Voltar