Teia Espírito Santo 2012

Animazul une pontos na rede online

Postado em 12 junho 2012

Pontos, pontões, pontinhos e pontos de leitura têm um lugar permanente para troca de informações através da internet. O Pontão Animazul disponibilizou por meio do site www.animazul.org.br um espaço para divulgação dos projetos que compõem a rede de pontos capixabas. A informação foi repassada pela coordenadora do Instituto Marlin Azul, Beatriz Lindenberg, durante a Teia ES 2012, realizada no Centro de Treinamento Dom João Batista, em Ponta Formosa, Vitória. O evento contou ainda com a participação das animadoras Marinéia Anatório e Ariane Piñeiro, que integraram as primeiras turmas de formação da instituição. O Pontão foi viabilizado através da Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura.

Na página principal, o site apresenta uma descrição de cada projeto e a instituição responsável pela condução das atividades, público alvo, endereço e contato. O espaço foi criado para que os ponteiros possam divulgar ainda eventos e outras ações do cotidiano dos projetos. Basta enviar texto, fotos ou vídeo para instituto@imazul.org. O site ainda disponibiliza aos usuários informações sobre os editais, tutoriais e acesso às principais redes sociais, multiplicando a comunicação compartilhada e colaborativa.

Quem acessar a página ainda pode acompanhar os principais momentos da Teia. O evento reuniu 52 projetos com o objetivo de promover a integração, o debate sobre os desafios e conquistas e a articulação de propostas para o fortalecimento dos projetos e da ação em rede. Estiveram presentes ponteiros e gestores públicos dos municípios, do estado e do Governo Federal.

Ponto Animazul – Criado em 2005, o Núcleo Animazul é um Ponto de Cultura do Instituto Marlin Azul e, atualmente, conta com as parcerias do Instituto Galpão, da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo (Secult), do Programa Cultura Viva e do Programa Mais Cultura do Ministério da Cultura.

O objetivo é formar jovens animadores do ensino fundamental e médio da rede pública para que dominem todo o processo de realização de um filme ou vídeo de animação, preparando-os para que atuem como monitores e multiplicadores desse conhecimento, abrindo novas perspectivas profissionais e de geração de renda.

O projeto quer estimular a expressão através do audiovisual, criar um centro de referência para a animação no Espírito Santo e promover o intercâmbio entre alunos da rede pública e universitários. Além do conhecimento sobre as técnicas e a linguagem do cinema de animação, o Núcleo capacita os alunos para a operação de softwares de animação e a realização de produções autorais próprias e coletivas que possam estimular a criatividade e a pesquisa. Outro objetivo é promover a autoestima, desenvolver as relações sociais e abrir novas perspectivas para o crescimento pessoal de jovens da rede pública de ensino.

Os alunos, na faixa etária de 16 a 24 anos de idade, participam de cursos a partir da orientação de professores especialistas contratados pelo projeto; realizam filmes e vídeos de animação para cinema, TV e instituições parceiras; e atuam como monitores das oficinas básicas de animação realizadas em escolas, empresas, e eventos, completando um processo que estimula a formação artística e humana, a iniciação profissional e a geração de renda..

Diversidade esquenta os pontos da teia

Postado em 7 junho 2012

Teatro, música, audiovisual, dança e literatura. Estas são apenas algumas das áreas culturais de abrangência da rede de pontos de cultura capixaba. Quem participou da programação da Teia 2012 – Espírito Santo: Ligando os Pontos na Rede pôde constatar a rica diversidade de atuação dos pontos, pontões, pontinhos e pontos de leitura que, juntos, somam 52 iniciativas no estado.

Dentre os participantes do evento estava o Ponto de Cultura da Associação de Folclore de Cachoeiro de Itapemirim. O ponto atua em vários distritos do município na valorização da cultura popular com a difusão de saberes e fazeres. O objetivo é fortalecer os 15 grupos folclóricos associados, reunindo os Caxambus, Bate-Flechas de São Sebastião, Capoeiras/Maculelês, Folias de Reis e Charola de São Sebastião.

Outra iniciativa fincou raízes em Cariacica. O Ponto de Cultura Rema (Religiões de Matriz Africana), administrado pela Instituição de Tradições e Cultura Afrobrasileira São Judas Tadeu, que atua no município desde 1954, oferece para jovens afrodescendentes oficinas de audiovisual, fotografia e informática.

Em Cariacica funciona ainda o Ponto de Cultura Mascarados, gerenciado pela Fundação Fé e Alegria, cujo eixo de atuação integra educação e valores, despertando diferentes expressões artísticas e posicionando a cultura como um direito de todo cidadão. A instituição responsável por gerenciar o ponto atua 20 países, 14 estados e quatro municípios capixabas.

Vindo de Marechal Floriano, o Cineclube na Educação – Cinema, Escola e Comunidade, escolheu como área de atuação a formação de cineclubistas e a implantação de cineclube e de filmoteca, ressaltando a importância do cinema como instrumento de desenvolvimento humano, despertar do senso crítico e integração comunitária. As O ponto é administrado pelo Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros.

Outra iniciativa que marca a diversidade da rede é proveniente do norte do estado. O Ponto de Cultura Sol Maior, gerenciado pelo Conselho Pinheirense do Bem Estar do Menor, promove oficinas de capoeira, palestras de formação e informação, além de atividades ligadas ao teatro, à música e à dança, beneficiando crianças, adolescentes, jovens e adultos de Pinheiros.

A terceira edição da Teia contou ainda com a participação de pontos vindos de Guaçuí, João Neiva, Santa Maria de Jetibá, Vila Pavão, Conceição da Barra, Vitória, dentre outras cidades. O evento começou no dia 1º e se estendeu até o dia 2 de junho com uma programação de palestras, debates, discussões em grupo e apresentações culturais, e muitos outros momentos de compartilhamento e confraternização..

Frei Paulão convoca integração dos pontos

Postado em 7 junho 2012

Durante a solenidade de abertura do Teia ES 2012, José Paulo Viçosi, conhecido como Frei Paulão, na ocasião no comando da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo (Secult), destacou a importância dos pontos para a valorização da cultura de cada comunidade. Ele ressaltou a necessidade de fortalecer ainda mais a união dos pontos.

Imagem: Felipe Neves/Animazul.

Fábio Carvalho enaltece fortalecimento da rede

Postado em 7 junho 2012

O representante nacional dos pontos, Fábio Carvalho, ressalta a importância de concretização e amadurecimento da rede de pontos de cultura do Espírito Santo.

Imagem: Felipe Neves/Animazul.

Educação e cultura em Cariacica

Postado em 7 junho 2012

Mascarados é o nome do ponto de cultura gerenciado pela Fundação Fé e Alegria Brasil, no município de Cariacica. Durante o Teia ES 2012, o ponto descreveu algumas de suas principais atividades culturais voltadas para o eixo educação e valores.

Imagem: Felipe Neves/Animazul.

Página 2 de 612345...Última »
Voltar